SOBRE
 

Somos apaixonados por pessoas e por negócios. Somos mais apaixonados ainda em ajudar pessoas a fazerem seus negócios serem mais fluídos, horizontais e propositivos.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Spotify
  • Branco Twitter Ícone
  • Vimeo
CONTATO
 

Av. Coronel Lucas de Oliveira, 894

Petrópolis - Porto Alegre - RS

CEP 90440-010

contato@fourge.com.br

(51) 3574-0950

(51) 9 9376-0539

(51) 9 9833-2449

2018 © FOURGE | Todos os direitos reservados. 

O que você fez de diferente na última semana?

Atualizado: 13 de Jul de 2018


Por Eduardo Lopes




Não se assuste, você não está só. Está junto com os mais de 7 bilhões de habitantes da Terra resistentes a mudança. Temos o hábito de repetir comportamentos para sermos aceitos no grupo, afinal, viemos dos macacos. E definitivamente não fomos educados para quebrar esse modelo.

Se me pedirem uma dica para mudar isso, minha resposta é mais simples do que possa parecer: viva. Em outras palavras, vivencie a maior quantidade e variedade de experiências possíveis.

Assista àquela tradicional peça de teatro, mas também à Dança dos Famosos no Faustão.

Saboreie um prato de frutos do mar naquele restaurante caro, mas também passe pelo desafio de comer um cachorro-quente sentado na calçada.

Ou ainda...compre o carro dos seus sonhos, mas jamais deixe de caminhar pelas ruas da sua cidade.


Li em algum lugar uma vez que “nada se cria, tudo se copia”. Onde eu assino?

Acredito fielmente que tivemos ao longo da história pouquíssimas invenções. De resto, tivemos pessoas que reorganizaram ideias para achar soluções novas para os seus problemas. Alguns dão a isso o nome de “criatividade”.

Mas só conseguimos reorganizar, se tivermos ideias.

Só teremos ideias, se tivermos experiências.

Só teremos experiências, se fizermos algo diferente.

Por isso pergunto, de novo: o que você fez de diferente na última semana?

Algumas conversas de 40 minutos me deram mais conhecimento do que uma faculdade completa.

Em cada passeio de bicicleta com minha filha, aprendo algo novo sobre a humanidade.

Em cada ida ao supermercado com meu filho, aprendo algo novo sobre economia.

Mas aprendo porque entendi, há algum tempo, que tudo é fonte de inspiração.

Outro dia li num artesanato de rua: “A grama do vizinho é sempre mais verde; mas é que desse lado sempre tem festa no jardim”.

Se pra você isso não faz o menor sentido, tá na hora de você rever algumas coisas em sua vida.

E não se assuste com a forma como eu assino esse texto.

Ou você pensou que ele foi deixado pela Fada do Dente?



Eduardo Lopes

Consultor de Projetos na Fourge

Empreendedor no Batucada S.A.

Formado em Comunicação Social

Pai da Júlia e do Pedro

Percussionista

Peladeiro de plantão

Bom em falar em público

Skatista nas horas vagas

25 visualizações