Se fôssemos jantar na sua casa, o que você prepararia para nós?

Atualizado: Nov 5

Essa é uma das perguntas que fazemos em processos seletivos na Fourge.

Muito fácil de responder, né?


A maioria das respostas envolve temperos-carnes-álcool-doce.


E se o Eduardo Lopes fosse no jantar?

Ele não bebe álcool.


A Stella Bittencourt - Life Strategist também poderia estar conosco.

E ela não come carne.


O Luciano Luis Mantelli tá cuidando da glicose.

Vai ter sobremesa diet?


E a Paula Morel que não come cebola?

Imagina chegar no jantar e esse ser o principal tempero?


A pergunta que parece boba, provoca a possibilidade de a gente ver o quanto a reflexão sistêmica sobre o contexto deve considerar diferenças, gostos e possibilidades.


Isso vale para aquele vídeo institucional sem legenda que exclui pessoas surdas, pra propaganda na tv sem pessoas pretas, pra poltrona no avião que não contempla pessoas obesas.

A pergunta não é sobre jantar.

É sobre o quanto você enxerga além daquilo que você vê.

É sobre empatia.


E aí, qual jantar você faria pra gente?



#recrutamentoeseleção #criatividade #empatia #compaixão #diversidadeeinclusão #rhhumanizado #gestão #consultoria




#cultura #treinarequipe

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo